quarta-feira, 23 de novembro de 2011

One Day


One Day conta a história de Emma e Dexter, dois jovens que se conhecem a 15 de Julho de 1988 e que a partir daí se encontram no mesmo dia ao longo de 20 anos.
A premissa soa bem e Anne Hathaway no papel principal soa ainda melhor. Os ingredientes são bons e dignos de um grande filme, daqueles que vão a nomeações para Oscars, no entanto não chega a apaixonar. Até mesmo aquilo que podia ser um handicap não é suficientemente explorado, a ambiência do filme ao longo de quase 30 décadas (começa no final dos anos 80, passa pelos 90, flutua nos 00’s e termina em 2011). Algumas curiosidades como guarda-roupa, banda sonora e gadgets são cuidadas e fazem o doce do filme, mais que o romance dos protagonistas que desde o início está condenado, mas ficamos com a sensação que falta algo mais muito mais.


 

2 comentários:

nospelomundo disse...

ups, só agora andar para baixo com cursor é que percebi que já o tinha visto :)

A&P disse...

gostei da análise, fiel ao filme em questão.